posted 8:24 pm Tuesday
24,056 notes / reblog
 
Escondo minhas fraquezas quando te mordo. Me sinto seguro quando te abraço. Agora quando te beijo, não sei o que dizer, parece que por alguns instantes vejo meu chão desaparecer. Doistonsdeamor. (via doistonsdeamor)

 
Fim de tarde. Dia banal, terça, quarta-feira. Eu estava me sentindo muito triste. Você pode dizer que isso tem sido freqüente demais, ou até um pouco (ou muito) chato. Mas, que se há de fazer, se eu estava mesmo muito triste? Tristeza-garoa, fininha, cortante, persistente, com alguns relâmpagos de catástrofe futura. Caio Fernando de Abreu.  (via confessarte)

 
Teu sorriso me traz paz, assim como observar o céu no fim de tarde. Clarice Falcão.    (via suavizou)

 
Gente estúpida misturada com gente estúpida. Que se estupidifiquem entre eles. Charles Bukowski. (via acalador)

 
Não é que eu estou mal. É que eu odeio sentir isso. Eu odeio ficar nessa indecisão. Eu sou um cara que sabe o que faz, que mira e atira, e não que fica com medo, querendo ver se vai ou não dá certo. Eu dou um chute no balde e se der certo deu, se não der experiência. Comigo ou vai ou racha. Não tem essa de meio termo. E eu estando assim me dá afobação, me dá desespero, quero tomar atitudes mas nem sei quais. Eu me quero de volta, quero poder ter a firmeza dos meus passos, quero poder pisar no chão e andar sem ligar pra que vai acontecer. João Paulo Ferreira.  (via apagou)

Aceito admiradores secretos na ask

 
E agora a vida se tornou o futuro. Todos os momentos da vida são vividos no futuro: você frequenta a escola para entrar na faculdade para arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal e mandar os filhos para a faculdade para que eles consigam arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal para mandar os filhos para a faculdade. Cidades de Papel.   (via verseando)

 
Apenas um beijo, um abraço. Apenas um torpedo, uma ligação. Apenas um “como foi o seu dia?” ou quem sabe um “senti sua falta”. Pequenas coisas. Simples coisas. Que vindas de você, faria toda a diferença. Querido John  (via verseando)

 
Aquela vontade de deitar do teu lado e esquecer do mundo lá fora. Capacitadora. (via glossarios)